HOME | GERAL | ESPORTES | POLÍTICA | CIDADES | SAÚDE | POLICIAL | INTERNACIONAL | FOTOS | VÍDEOS | TORPEDOS

 

...

02/07/2017
Novo presidente do PT nega que partido esteja rachado, e afira que legenda será fortalecida em CG


Novo presidente do PT nega que partido esteja rachado, e afira que legenda será fortalecida em CG

 O Partido dos Trabalhadores em Campina Grande pode estar entrando em uma nova era e chegar fortalecido em 2018 para tentar reconquistar o Palácio do Bispo, sede do governo municipal. Pelo menos é o que garante o novo presidente estadual da legenda, Jackson Macedo, ao ser questionado sobre a possibilidade de intervenção na legenda na cidade.


Em entrevista a Rádio Campina FM, ele revelou que não há possibilidade alguma disso acontecer, pois o diretor municipal, Márcio Caniello, foi eleito de forma legítima e democrática.


– É um diretório legítimo. Eleito. Os filiados saíram de casa para votar no professor Márcio Caniello. Acredito que ele tem todas as condições de tocar o partido em Campina Grande e vai ajudar a eleger o presidente Lula. Ele é um companheiro valoroso e vai dar um rumo no PT de Campina – salientou.


Ainda sobre as polêmicas e judicialização na eleição do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, o novo presidente, Jackson Macedo, disse que vai procurar dar novos rumos do PT no Estado.


Recém empossado, Jackson negou que o partido esteja rachado, lamentou as ações na justiça, mas disse que já começou a conversar com os deputados que eram contra sua eleição.


Macedo afirmou que é preciso unidade para trabalhar e fazer um bom trabalho nas eleições do próximo ano. Ele negou que o partido esteja rachado, lamentou as ações na justiça, mas disse que já começou a conversar com os deputados que eram contra sua eleição.


– A direção estadual lamenta. Foi o único processo eleitoral do Brasil que foi judicializado, mas todas as decisões foram a favor da minha eleição. Isso para nós já está superado. Devo conversar com os deputados Anísio, Luiz Couto e Frei Anastácio. Temos que trabalhar por eles em 2018. Estamos conversando com os companheiros vinculados ao Muda PT que estiveram ontem na minha posse. Iremos chegar a uma unidade – frisou.


Márcio – O novo presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Campina Grande, Márcio Caniello, destacou que pretende promover a reaproximação da militância através das ferramentas de comunicação.


Ele afirmou que está planejando a realização do projeto ‘PT nos Bairros’, em que a população vai ter a oportunidade de discutir sobre assuntos pertinentes junto com o diretório municipal.


Márcio ressaltou a importância de pensar sobre o futuro do partido antes de pensar em uma candidatura e disse que é preciso construir um projeto para Campina Grande a partir do processo de discussão com a população.


– O diretório municipal ficou com vinte membros da nossa tendência, dez representantes da tendência do professor Hermano Nepomuceno e em mais seis outros membros da chapa liderada pelo companheiro Felipe Figueiredo. São trinta e seis no total – disse.


Caniello avaliou que o PT é um partido orgânico e amado no Brasil pois, segundo ele, age por meio de trabalho de base, ouvindo todos os filiados.


Sobre as manifestações do último dia 30 disse que foi um erro sindicalistas criticarem a sigla pela forma como o protesto aconteceu na cidade.


-Acho que o povo sai as ruas mais uma vez para dizer não a crise institucional que esse país está passando, que começou rasgando a Constituição brasileira para tirar do poder uma mulher que não cometeu crime algum. A avaliação é positiva porque o povo não vai fechar os olhos, não vai fechar a boca em relação a essa situação – falou.


Márcio Caniello se pronunciou sobre críticas feitas por sindicalistas a sigla e ao governo do ex-presidente Dilma Rousseff.


– Eu acho que é um erro de foco, o nosso inimigo não é o partido de esquerda que tem divergências conosco. O nosso inimigo é a direita, é o PSDB e o PMDB. Então ,fica essa coisa interna por avaliações absolutamente divisionistas e temos que nos unirmos, nos unificarmos em torno de uma pauta que é importante para classe trabalhadora. Virou esporte nacional fazer críticas ao PT.Em 2018, vamos dá uma resposta a esse tipo de crítica fazendo o que estamos acostumados a fazer: ganhar a eleição – concluiu.



Redação






 
 
 



 

 

 

 

www.jornaldeverdade.com.br

  Jornalistas do Programa: Juarez Amaral
Paulo Roberto
Polion Araújo
Carlos Magno

Programa diário na Rádio Cidade Esperança - 1310 AM
Contatos pelo telefone: (83) 3349-2013 / (83) 3341-4999