HOME | GERAL | ESPORTES | POLÍTICA | CIDADES | SAÚDE | POLICIAL | INTERNACIONAL | FOTOS | VÍDEOS | TORPEDOS

 

...

23/06/2017
Vendas no Salão de Artesanato já ultrapassaram R$ 60 mil em dois dias


Vendas no Salão de Artesanato já ultrapassaram R$ 60 mil

 O 26º Salão de Artesanato da Paraíba ultrapassou a marca de R$ 60 mil em vendas. O evento acontece desde o dia 18 próximo ao Parque do Povo, epicentro do Maior São João do Mundo, em Campina Grande, e se estende até o dia 2 de julho, concomitante ao encerramento dos festejos da cidade. O Salão este ano está sendo realizado no prédio que anteriormente abrigou uma concessionária de veículos, na Rua Miguel Couto, 227, esquina com a Rua Dr. Severino Cruz, às margens do Açude Velho. O público visitante tem acesso ao salão por essas duas ruas. A visitação ao Salão é gratuita, sempre das 14h às 21h.

A expectativa dos organizadores do evento é que a 26ª edição do Salão do Artesanato da Paraíba ultrapasse o volume de vendas de 2016, que chegou a R$ 1,33 milhão. “Em dois dias e meio o Salão movimentou um volume de vendas de R$ 60 mil, deixando otimistas os 335 artesãos que estão expondo seus trabalhos, representando 80 municípios de várias regiões do Estado”, disse Lu Maia. Tendo como tema central “Das águas que renovam a esperança nasce o desenvolvimento”, em uma homenagem à transposição do Rio São Francisco, o Salão está expondo trabalhos produzidos em diversos tipos de materiais.

Quem visita o espaço pode encontrar uma variedade de trabalhos em diversos materiais, como madeira, couro, cerâmica, metal, renda renascença, crochê, algodão colorido, além de brinquedos, ornamentos, arte indígena, trabalhos de habilidade manual e todas as tipologias. “Este ano o Salão ficou mais perto do público que frequenta o Parque do Povo, com maior facilidade de acesso, próximo do Açude Velho, do Museu de Arte Popular, do monumento a Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro e do Memorial dos 150 anos de Campina Grande”, lembrou a coordenadora do PAP. Ela ressalta que, mesmo com a crise financeira que o país vivencia, os expositores estão otimistas em relação ao volume de vendas.

Além de peças de decoração e das peças de cerâmica utilitárias, trabalhos em xilogravura e a gastronomia paraibana são atrativos importantes para quem visita o 26º Salão de Artesanato da Paraíba. Crocheteiras, rendeiras e produtoras de labirinto, estão mostrando a qualidade das peças que produzem e que tanto atraem as atenções do público. A expectativa é que o evento receba até o encerramento do Maior São João do Mundo, no mínimo, 50 mil visitantes.

Redação






 
 
 



 

 

 

 

www.jornaldeverdade.com.br

  Jornalistas do Programa: Juarez Amaral
Paulo Roberto
Polion Araújo
Carlos Magno

Programa diário na Rádio Cidade Esperança - 1310 AM
Contatos pelo telefone: (83) 3349-2013 / (83) 3341-4999