HOME | GERAL | ESPORTES | POLÍTICA | CIDADES | SAÚDE | POLICIAL | INTERNACIONAL | FOTOS | VÍDEOS | TORPEDOS

 

...

28/05/2017
Médico alerta sobre riscos de crianças em colo de adultos em veículos


Médico alerta sobre riscos de crianças em colo de adultos em veículos

 Um dos perigos de conduzir uma criança em veículos está quando ela é transportada no colo de um adulto, explica o médico pediatra e coordenador de pediatria do Hospital Estadual de Emergência e Trauma de João Pessoa, Fabiano Alexandria.

“Instintivamente a pessoa que está com a criança abre os braços no momento da colisão, deixando a criança totalmente desprotegida. Muitas mães acabam se culpando depois, mas isso é um reflexo natural”, disse. O uso do cinto de segurança também não é aconselhável em crianças menores de 12 anos. Segundo o médico, o cinto deixa de ser uma forma de proteger e pode até ocasionar lesões nos pequenos. “O cinto de segurança é compatível apenas com adultos. Crianças podem sofrer uma fratura na coluna ou até serem arremessadas”.

Na opinião do médico, os acidentes mais frequentes e graves com crianças são os que envolvem motocicletas. Ele comenta que por uma questão socioeconômica os pais optam por locomover os filhos dessa forma, no entanto, nem mesmo o uso do capacete pode combater os riscos dessa prática.

“Crianças menores de 12 anos não têm estrutura física para andar de moto. Os capacetes, nesta idade, causam apenas uma falsa impressão de segurança. Muitas vezes vendidos de forma clandestina, não são aprovados pelo Imetro”. O médico completa explicando que a cabeça de uma criança é proporcionalmente maior que o resto do corpo se comparada a de um adulto, fazendo com que, em caso de acidentes, o uso do capacete atrapalhe mais do que protege. Ele sobrecarrega o pescoço da criança fazendo com que ela precise fazer um esforço maior do que a sua estrutura cervical é capaz de sustentar, podendo causar lesões na coluna.

Além disso, os pequenos estão mais sujeitas a complicações em acidentes devido a sua estrutura óssea. Segundo explica Fabiano Alexandria, ela é mais flexível, fazendo com que o trauma atinja mais facilmente os órgãos internos.

Recuperação de crianças - Em todo o ano passado, 850 crianças entre 0 e 14 anos foram internadas no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, em decorrência de acidentes de trânsito. Em 2017, até o mês de abril, o hospital registrou a internação de 278 crianças. De acordo com o pediatra, geralmente os pequenos se recuperam mais rápido que adultos. As crianças têm um fator que colabora para a sua recuperação: a rápida regeneração de tecidos e órgãos.

Redação 






 
 
 



 

 

 

 

www.jornaldeverdade.com.br

  Jornalistas do Programa: Juarez Amaral
Paulo Roberto
Polion Araújo
Carlos Magno

Programa diário na Rádio Cidade Esperança - 1310 AM
Contatos pelo telefone: (83) 3349-2013 / (83) 3341-4999