HOME | GERAL | ESPORTES | POLÍTICA | CIDADES | SAÚDE | POLICIAL | INTERNACIONAL | FOTOS | VÍDEOS | TORPEDOS

 

...

28/05/2017
Trânsito na frente das escolas gera caos urbano em João Pessoa


Trânsito na frente das escolas gera caos urbano em João Pessoa

 Moradores que residem em ruas que têm colégios continuam reclamando dos congestionamentos que ocorrem no horário de entrada e saída dos alunos. Todos os dias eles se irritam com os pais dos alunos e motoristas de vans que colocam os carros em fila dupla, em frente as portas dos colégios e em frente as garagens dos moradores, deixando e trânsito congestionado.

Em várias ruas e avenidas da cidade, onde existem escolas o problema se repete para infelicidade das pessoas que moram vizinho as escolas. O pior é que as filas duplas, formadas nas portas dos colégios, geralmente começam meia hora antes do término das aulas. Na Rua Professora Rosa Setti, no bairro de Mangabeira, os moradores dizem que às vezes perdem cerca de 40 minutos para poderem colocar o carro na garagem, no período das 11h30 às 12h, e das 13h às 13h30.

Segundo Luizmar Fernandes, morador da Rua Rosa Setti, além dos pais que literalmente fecham o trânsito nos horários de entrada e saída dos filhos, os donos das vans que levam os estudantes de Ensino Médio para as escolas, são os que mais atrapalham o trânsito.

“Os donos de vans não respeitam os outros. Eles param no meio da rua interditando totalmente o trânsito e demoram para retirar as crianças e deixá-las na porta da escola. O pior é que isso acontece no horário em que estamos saindo do trabalho para almoçar em casa e os donos das vans se acham no direito de interditar o trânsito”, disse Luizmar Fernandes, complementando que eles além de fazerem fila dupla, estacionam na frente das garagens impedindo o direito de ir e vir de quem mora na rua. Ele disse também, que já demorou cerca de 40 minutos numa fila de engarrafamento na rua em que mora para poder colocar seu carro em sua garagem. “Isso aconteceu por volta das 11h30 quando eu chegava em casa para almoçar”, contou Fernandes, afirmando que isso ocorre diariamente porque na rua em que ele mora existem dois grandes colégios.

A também moradora da Rua Professora Rosa Setti, a aposentada Maria do Socorro, disse que às vezes compara a rua que mora com a Avenida Epitácio Pessoa que tem tráfego intenso. “Às vezes a gente fica esperando um tempão para poder colocar o carro na garagem. Alguns moradores já chagaram a acionar a Semob para resolver o problema, mas a história se repete praticamente todos os dias”, disse Maria do Socorro, enfatizando que essas são críticas feitas diariamente por boa parte dos moradores da rua.

Semob A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) já implantou há alguns anos um sistema de embarque e desembarque dos estudantes para disciplinar o estacionamento dos veículos que fazem o transporte escolar. Mas além das vans, é grande o número de pais de alunos que saem todos os dias para deixar as crianças nas escolas.

Redação 






 
 
 



 

 

 

 

www.jornaldeverdade.com.br

  Jornalistas do Programa: Juarez Amaral
Paulo Roberto
Polion Araújo
Carlos Magno

Programa diário na Rádio Cidade Esperança - 1310 AM
Contatos pelo telefone: (83) 3349-2013 / (83) 3341-4999