HOME | GERAL | ESPORTES | POLÍTICA | CIDADES | SAÚDE | POLICIAL | INTERNACIONAL | FOTOS | VÍDEOS | TORPEDOS

 

...

18/05/2017
Dirigentes de órgãos vão exonerar ou demitir os envolvidos na Operação Gabarito

De acordo com gestores de órgãos que tiveram servidores aprovados em concursos investigados pela Polícia Civil, deve ser instaurado procedimento administrativo que pode levar a exoneração ou demissão.

 

O coronel Jair Carneiro de Barros, comandante-geral do Corpo de Bombeiros da Paraíba, disse que está solicitando ao delegado geral da Polícia Civil um levantamento de pessoas do quadro da corporação que tenham ingressado nas fileiras por concurso de forma fraudulenta. Jair Carneiro revelou que após receber as informações determinará a abertura de sindicância e procedimento administrativo interno, através do Conselho de Disciplina. Ficando provada a ilicitude, o suspeito sofrerá as sanções previstas em lei que podem chegar a exclusão (expulsão). O comandante disse ainda que o infrator fará o ressarcimento do valor dos salários pagos durante a sua permanência na corporação.

 

PM - O comando da Polícia Militar enviou nota afirmando que serão instaurados os devidos procedimentos apuratórios, e que as medidas serão tomadas a partir do resultado final das investigações.

 

PRF

A Polícia Rodoviária Federal distribuiu nota informando que pôs-se à disposição e forneceu todos os dados que foram solicitados. Informa a nota que Marcus Vinícius Pimentel estava afastado de suas funções há cerca de dois anos por questões de saúde.

 

Conde

A Prefeitura de Conde, através da Secretaria de Comunicação, informou que antes de eclodir a Operação Gabarito anulou o concurso realizado no ano passado, após constatar irregularidades. A prefeita Márcia Lucena determinou a criação de uma comissão especial para analisar os documentos relativos ao concurso. A comissão investigou e chegou à conclusão de que as irregularidades eram insanáveis.

 

CMJP

Através da Assessoria de Comunicação, a presidência da Câmara Municipal de João Pessoa informou que está disponível para auxiliar a Polícia Civil no que achar necessário sobre as investigações.

 

Detran

O superintendente do Departamento Estadual de Trânsito, Agamenon Vieira, disse que está aguardando o desenrolar dos inquéritos na Polícia Civil e das ações da Justiça. Acrescentou ainda que o órgão está acompanhando o caso administrativamente, através de diligências internas.

 

Redação 






 
 
 



 

 

 

 

www.jornaldeverdade.com.br

  Jornalistas do Programa: Juarez Amaral
Paulo Roberto
Polion Araújo
Carlos Magno

Programa diário na Rádio Cidade Esperança - 1310 AM
Contatos pelo telefone: (83) 3349-2013 / (83) 3341-4999