HOME | GERAL | ESPORTES | POLÍTICA | CIDADES | SAÚDE | POLICIAL | INTERNACIONAL | FOTOS | VÍDEOS | TORPEDOS

 

...

15/05/2017
Dicas de como introduzir a tecnologia na criação dos filhos

Dicas de como introduzir a tecnologia na criação dos filhos

 Cuidar dos filhos não é uma das tarefas mais simples. Não se trata apenas dos bens materiais, mas de supervisionar o que andam fazendo, para onde e com quem estão andando; além de procurar saber como estão na escola. Graças ao avanço da tecnologia, hoje já é possível monitorar os jovens com muito mais facilidade. Através de smartphones, tablets e computadores, os pais podem ter acesso a dispositivos e aplicativos que simplificam a criação dos filhos. Mas a psicóloga Natália Tavares afirma que o processo de monitoramento de todas as atividades dos filhos é importante, mas que o uso de ferramentas de supervisão devem ser utilizados de maneira muito assertiva.

Débora Moura e Emmanuel Dymas são pais de três filhos: Luís Henrique, Maria Eduarda e Yana. Sempre de olhos atentos no trio, o casal admite que costuma usar o Whatsapp para entrar em contato com os filhos. "É uma ferramenta de comunicação bem presente no nosso dia a dia", admite. De acordo com Débora, este aplicativo tem sido muito útil, auxiliando nos cuidados aos filhos. "É primordial os pais terem esse controle, tanto para estar orientando sobre o que ocorre no dia a dia, quanto para prever situações de risco e eventualmente orientar proativamente", afirmam sobre a importância dessa forma de contato.

Para esses pais, observar comportamentos, conhecer os amigos e estimular o diálogo - tanto presencial, como através das redes -, é fundamental para criar um vínculo de confiança. "É muito importante que o jovem perceba seus pais como porto seguro e possa confiar plenamente o suficiente para conversar sobre qualquer assunto", declara Débora. Muito embora alguns jovens vejam uma relação aberta com os pais como uma invasão de privacidade, o casal explica que tem tido muita tranquilidade nesse sentido.

Bebel Santos, mãe de Yan, admite que está sempre procurando conversar abertamente com o filho sobre todas as coisas da vida. Além disso, ela considera importante conhecer, não apenas os amigos, mas também as famílias dos amigos do filho. "Com certeza, é importantíssimo que os pais cuidem da vida dos filhos, com quem anda, vejo que desse modo fica mais fácil conhecer nossos filhos", explica sobre sua forma de educar o rapaz. Ela pontua também que não acha válido invadir a privacidade do filho, mas que a supervisão é imprescindível para que possa orientá-lo dentro de uma boa conduta. "Acho que devemos educar com respeito, sabendo que cada um tem que ter sua privacidade", conclui.

Muito embora Débora, Emmanuel e Bebel sejam pais que acreditem em uma educação onde existe supervisão e não invasão há quem utilize- se de métodos mais radicais para observar os filhos.

Por conta da modernidade, já existem dispositivos localizadores, aplicativos que monitoram a troca de mensagens e uso das redes sociais, mas também bloqueiam contatos indesejados; além de softwares que impedem a visita a determinados tipos de sites e até mesmo tornozeleiras que registram sinais vitais.

A psicóloga Natália Tavares afirma que o processo de monitoramento de todas as atividades dos filhos é importante, mas que o uso de ferramentas de supervisão devem ser utilizados de maneira muito assertiva. Quando o uso é feito de forma indiscriminada ou de forma muito distanciada, cria-se uma interferência na autonomia, no desenvolvimento e no aprendizado dos filhos.

Hoje existem aplicativos de celeulares para praticamente tudo aquilo que se possa imaginar. De fato, esses instrumentos são importantes quando utilizados de forma adequada para o crescimento pessoal dos indivíduos ou, nesse caso, o desenvolvimento dos filhos. “Porém, acredito que essas formas de monitoramento não devem ser substituídas pelo diálogo. Os riscos desses aplicativos estão diretamente ligados ao diálogo, ao papel que os pais devem exercer na vida dos filhos”, aponta a psicóloga Natália Tavares.

Redação 






 
 
 



 

 

 

 

www.jornaldeverdade.com.br

  Jornalistas do Programa: Juarez Amaral
Paulo Roberto
Polion Araújo
Carlos Magno

Programa diário na Rádio Cidade Esperança - 1310 AM
Contatos pelo telefone: (83) 3349-2013 / (83) 3341-4999