HOME | GERAL | ESPORTES | POLÍTICA | CIDADES | SAÚDE | POLICIAL | INTERNACIONAL | FOTOS | VÍDEOS | TORPEDOS

 

...

14/03/2017
Transposição - Aesa prevê que, em 3 meses, os reservatórios na PB terão 30%

Transposição - Aesa prevê que, em 3 meses, os reservatórios na PB terão 30%

 A transposição do Rio São Francisco vai levar água às torneiras de cerca de um milhão de paraibanos nas regiões do Cariri e Comportamento da Borborema. Além do açude de Poções, que já aumentou sua capacidade de armazenamento em razão da transposição no município de Monteiro, os açudes de Camalaú, São José 2, Boqueirão e Acauã também serão abastecidos com essa água.

Segundo informações do gerente de Operações de Mananciais da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), Geraldo Sousa da Silva, a previsão é que dentro de três meses esses açudes atinjam aproximadamente 30% de sua capacidade assegurada se não houver nenhuma interrupção causada por problemas operacionais.

Logo após a solenidade de abertura das comportas que possibilitaram a chegada das águas do Rio São Francisco ao Rio Paraíba, o Açude de Poções começou a ser abastecido. O manancial de Poções, localizado no município de Monteiro, na região do Cariri paraibano, a 310 quilômetros de João Pessoa, foi o primeiro açude a receber as águas da Transposição na Paraíba. O segundo será o açude de Camalaú.

De acordo com dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), antes da chegada das águas, o Açude de Poções estava com apenas 251,4 mil metros cúbicos de armazenamento, o equivalente a 0,8% do total de 29,8 milhões de metros cúbicos da sua capacidade.

Conforme a previsão dos engenheiros que atuam na obra, a água deve chegar ao Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), que abastece Campina Grande e mais 18 municípios da Região da Borborema, entre 30 e 45 dias.


Redação






 
 
 



 

 

 

 

www.jornaldeverdade.com.br

  Jornalistas do Programa: Juarez Amaral
Paulo Roberto
Polion Araújo
Carlos Magno

Programa diário na Rádio Cidade Esperança - 1310 AM
Contatos pelo telefone: (83) 3349-2013 / (83) 3341-4999