HOME | GERAL | ESPORTES | POLÍTICA | CIDADES | SAÚDE | POLICIAL | INTERNACIONAL | FOTOS | VÍDEOS | TORPEDOS

 

...

31/10/2016
Plínio se diz feliz por renovar contrato com o Belo


O zagueiro Plínio está de férias. Um descanso merecido após uma temporada extenuante na qual disputou quatro competições pelo Botafogo-PB, a maior parte delas como titular e com a faixa de capitão no braço. E ele está tranquilo. De contrato renovado com o clube paraibano, vai ficar por pelo menos mais uma temporada em João Pessoa. É onde queria estar, ele garante. Identificado com a torcida e determinado a conseguir em 2017 o que ficou faltando ao Belo neste ano: títulos e, principalmente, o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro.

Depois de uma temporada inteira na qual teve a confiança do técnico Itamar Schülle, se tornou titular absoluto na zaga, ganhou a condição de capitão e conquistou a empatia dos torcedores, Plínio queria continuar no clube por mais um ano. Como que para dar continuidade ao projeto botafoguense de subir de série. Ou como agradecimento à torcida, ao clube e à cidade, que lhe acolheram tão bem. O fato é que ele faz questão de destacar o quanto está feliz em renovar com o Belo, de onde só sairia, segundo ele, se fosse por um motivo extraordinário.

“Feliz. Feliz por ter renovado. É uma coisa que eu queria, é um lugar onde eu me dei muito bem. Eu só sairia do Botafogo se fosse uma coisa espetacular. Meu interesse, sem dúvida, era ficar no Botafogo, até pela identificação com a torcida, com o time. E após a renovação eu conversei com Itamar Schülle, ele me deu os parabéns pela renovação, disse que contava comigo para a próxima temporada. E eu estou feliz por ter ficado”, comentou o zagueiro.

Plínio chegou ao Botafogo-PB no final de 2015, vindo do Sampaio Corrêa, onde era muito bem conceituado. Tinha status de ídolo até. Precisaria reconquistar tudo isso, agora com a camisa do Belo. Foi aos poucos que construiu sua credibilidade no novo clube. Chegou a balançar na posição, quando uma lesão no ombro o afastou de alguns jogos ainda no início da temporada. Mas voltou ao time, deu continuidade ao trabalho e se tornou quem é hoje: o xerife da zaga alvinegra.

Redação com G1






 
 
 



 

 

 

 

www.jornaldeverdade.com.br

  Jornalistas do Programa: Juarez Amaral
Paulo Roberto
Polion Araújo
Carlos Magno

Programa diário na Rádio Cidade Esperança - 1310 AM
Contatos pelo telefone: (83) 3349-2013 / (83) 3341-4999